Meditação do dia

Sexta-Feira - 31/10/2014

Os Profetas Menores (II) – Mq/Na/Hc/Sf/Ag/Zc/Ml
Zacarias (I) – Deus exorta ao arrependimento

Um convite alentador

Leitura diária: Zacarias 1.1-6
Leitura da Bíblia em um ano: Ezequiel, capítulos 2, 3 e 4

 

Zacarias é um profeta contemporâneo de Ageu. Um pouco mais jovem do que ele, profetizando também entre os anos 520 e 516 a.C., quando o povo de Deus precisava ser motivado a reiniciar a construção do templo. Enquanto as visões de Ageu encerram-se com a conclusão da obra, as de Zacarias se estendem, tornando-se mesmo para os comentaristas como o mais apocalíptico, messiânico e escatológico livro do Antigo Testamento.


Filho de família sacerdotal, como lemos logo no início do capítulo, deve ter retornado para Jerusalém muito jovem ainda, na primeira leva vinda do exílio, provavelmente, assistindo assim aos esforços do povo para se radicar novamente na terra da promessa.


Seu nome quer dizer "Jeová se lembra". Ele foi intimado por Deus, como nos registra Esdras 5.1, a conclamar, juntamente com Ageu, o povo judeu à obra do templo que ficara parada por 16 anos. Seu livro pode ser dividido em duas partes: a primeira entre os capítulos 1 a 8, referente à obra de reconstrução do templo e a segunda, entre os capítulos de 9 a 14, quando fala do juízo de Deus e da vinda do Messias, numa visão escatológica única no AT e com paralelos apenas com a Revelação de João no NT.


Sua palavra escrita inicia-se com um convite alentador do Senhor Deus ao seu povo que estava abstraído em suas próprias ocupações de reconstrução de seus lares, famílias e fazendas não se dando conta de que a tarefa primeira que teriam que realizar após o retorno à terra de sua herança era o templo do Senhor. O apelo de Deus é alentador, porque existe uma promessa contida nele.


"Portanto dize-lhes: Assim diz o Senhor dos exércitos:
Tornai-vos para mim, diz o Senhor dos exércitos,
e eu me tornarei para vós, diz o Senhor dos exércitos"
(Zc 1.3).


Sim, sempre que o homem se volta para Deus, o Senhor se volta para ele. Mais ainda: Vai ao seu encontro. A parábola do filho pródigo nos conta exatamente isto. Enquanto o filho relapso vinha ao longe, o pai o viu e foi ao seu encontro.

 

Oração para o dia:

Molda-me, Senhor, a ouvir sempre o teu apelo para que esteja sempre junto a ti. Desta forma, estarei certo de que tu estarás sempre comigo.

Outras Meditações

Newsletter
NOME:
E-MAIL:

JUERP- todos os direitos reservados 2010