Meditação do dia

Quinta-Feira - 17/04/2014

As Epístolas de Paulo (II) – 1 e 2Coríntios
A busca pela pureza de vida

Uma dura palavra

Publicado: 17/04/2011

Leitura diária: 1Coríntios 5.11-13
Leitura da Bíblia em um ano: João, capítulos 8 a 12

 

Nos dias de hoje, as igrejas têm adotado alguns comportamentos para preservar um pouco a imagem da pessoa do irmão ou da irmã em falta. Isto é bastante positivo quando se sente que o irmão em falta está arrependido e, embora sendo afastado da igreja pela aplicação de nossas regras, mais cedo ou mais tarde recuperando-se do problema diante de Deus, poderá vir a ser novamente recebido pela mesma igreja ou por outra.


Nos tempos da igreja primitiva, a situação era muito mais dramática, pois como o evangelho estava trilhando os seus primeiros anos de formação como igreja cristã, as diferenças do viver tinham que ser muito claramente definidas, demarcando os limites com clareza do que era ser crente ou ser um homem do mundo. Daí a palavra tão dura do apóstolo:


"Mas agora vos escrevo que não vos comuniqueis com aquele que,
dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra,
ou maldizente, ou beberrão, ou roubador;
com esse tal nem sequer comais"
(1Co 5.11).


Realmente, a igreja de Cristo, do passado ou de hoje, não pode ser conivente ou tolerante com o pecado praticado por um dos seus membros. O pastor, a liderança deve estar atenta para, de forma amorosa e correta, procurar tais irmãos que venham falhando em seu testemunho, em busca de revisão do erro cometido e de uma correção de rumo no viver. Quando isto acontecer, sendo o assunto tratado com discrição, sem dúvida Deus se agradará. No entanto, se isto não acontece, realmente, não haverá outro caminho para a igreja de Cristo, a não ser excluir com amor e não com ódio e vanglória o irmão em falta.


Corroborando esta forma de agir da igreja, o apóstolo é bastante claro quando, no versículo 13, declara que "Deus julga os que estão de fora" e, portanto, cabe à igreja nesse momento "tirar o iníquo do meio de vós". Que Deus abençoe nossos pastores e os líderes em nossas igrejas para serem prudentes e cuidadosos no trato desta matéria de tal relevância para a vida da igreja de Cristo e para o bem da comunhão dos irmãos.

 

Oração para o dia:

Dá-me, Senhor, primeiramente o zelo para não pecar contra ti ou contra a tua igreja, mas, também, o devido amor para lidar com aqueles que falham.

Outras Meditações

Newsletter
NOME:
E-MAIL:

JUERP- todos os direitos reservados 2010